Tailândia com orçamento limitado: o guia definitivo para mochileiros

Posted on

Com suas praias deslumbrantes, cultura vibrante, comida incrível e preços baixos, a Tailândia é um destino importante para mochileiros e viajantes com orçamento limitado. Mas explorar este país diversificado de forma acessível requer planeamento. Este guia de mochila às costas na Tailândia cobre tudo o que você precisa saber para viajar pela Tailândia de forma barata.

Desde acomodação e transporte baratos até encontrar as melhores ofertas em alimentação, atividades e muito mais, siga estas dicas e aproveite ao máximo sua viagem à Tailândia sem gastar muito.

Planejando sua viagem de mochila às costas

O planejamento cuidadoso é a chave para uma aventura de mochila às costas na Tailândia acessível. Aqui estão algumas dicas:

Defina um orçamento diário

Embora a Tailândia seja barata, os custos ainda aumentam. Defina um orçamento diário realista para despesas básicas como alimentação, hospedagem e transporte. Para viajantes com poucos recursos, US$ 25-40 por dia é viável. US$ 50 por dia permitem mais conforto. Decida seu estilo.

Escolha sua rota

O tamanho da Tailândia significa que você não pode ver tudo em uma viagem. Escolha uma região ou rota que se adapte ao seu horário e interesses. As rotas comuns são Bangkok-Chiang Mai-Pai ou Bangkok-Ilhas-Phuket. Adicione/remova destinos conforme necessário.

Obtenha um seguro de viagem

Não negligencie o seguro viagem. Apenas uma breve visita ao hospital pode destruir seu orçamento. World Nomads e SafetyWing oferecem apólices acessíveis por menos de US$ 10 por semana.

Viagem leve

Leve pouca bagagem para evitar taxas de bagagem. Itens essenciais como roupas, kit de primeiros socorros, carregadores e produtos de higiene pessoal são tudo que você precisa. Compre qualquer item esquecido barato localmente.

Obtenha vacinas

Algumas vacinas recomendadas para a Tailândia incluem hepatite A e B, febre tifóide e raiva. Reserve um tempo antes da viagem para se vacinar adequadamente.

Assistir sazonalidade

A Tailândia tem três estações: quente (março-junho), chuvosa (julho-outubro) e fria (novembro-fevereiro). Viaje nas estações baixas para multidões menores e preços mais baixos.

Obtenha um cartão de recompensas de viagem

Um cartão de crédito de recompensas de viagens como o Chase Sapphire Reserve pode marcar pontos para você usar em voos, hotéis e atividades. Mas evite dívidas.

Reserve voos acessíveis

Use mecanismos de busca de voos como Skyscanner e Google Flights para obter os voos mais baratos. Seja flexível nas datas. Considere companhias aéreas de baixo custo.

Com algum planejamento estratégico, você pode criar uma aventura épica, mas acessível, de mochila às costas pela Tailândia. Agora vamos ver como economizar dinheiro quando você chegar.

Encontrar acomodação barata

A Tailândia oferece opções de hospedagem econômicas para todos os estilos e orçamentos:

Albergues – Os dormitórios compartilhados custam apenas US$ 5 por noite. Quartos privados em torno de US$ 15-20. Ótimo para conhecer outros viajantes.

Pousadas – Pequenas pousadas familiares oferecem quartos privados básicos por US$ 10-25 por noite, às vezes com piscina ou café da manhã.

Casas de família – Viva como um morador local, hospedando-se na casa de uma família por cerca de US$ 10-15 por noite. Mergulhe na cultura tailandesa.

Acampar – Monte uma barraca em praias e parques por apenas US$ 2 a 5 por noite em muitas regiões. Escolha final de orçamento.

Couchsurfing – Totalmente gratuito ao cair no sofá de alguém. Obtenha insights locais, mas a disponibilidade é inconsistente. Use o aplicativo/site.

Evite horários de pico – Durante o Ano Novo, Songkran e feriados, os preços das acomodações podem dobrar ou triplicar. Visite durante a baixa temporada para tarifas de baixa temporada.

Com opções como albergues, pousadas e camping, desfrutar de acomodações baratas na Tailândia é fácil para mochileiros econômicos.

Locomovendo-se pela Tailândia com um orçamento limitado

A Tailândia oferece uma extensa rede de transporte acessível:

Ônibus – Ônibus confiáveis ​​e frequentes conectam todas as principais cidades, vilas e ilhas. Os preços começam incrivelmente baixos, como US$ 1 por uma viagem de 1 hora.

Trens de 3ª Classe – Trens lentos, mas panorâmicos, com assentos de madeira, percorrem rotas como Bangkok-Chiang Mai por menos de US$ 10 só de ida.

Minivans – Minivans mais rápidas, mas apertadas, transportam entre destinos como Pai para Chiang Mai a partir de US$ 7.

Barco público – As balsas públicas circulam entre as ilhas e o continente por US$ 3 a 15 por viagem. Muito mais barato que lanchas.

Songthaews – Essas picapes cobertas que operam como táxis compartilhados percorrem rotas definidas nas cidades por cerca de 50 centavos por viagem.

Aluguel de motos – Alugue uma moto por apenas US$ 5 por dia para explorar no seu próprio ritmo. Obtenha uma carteira de motorista internacional.

Aluguel de bicicletas – Alugue uma bicicleta por US$ 2 a US$ 5 por dia e navegue como um morador local.

Caminhada – Caminhar pelas áreas centrais e cidades litorâneas é totalmente gratuito. Ótima maneira de descobrir joias escondidas.

Com a extensa rede de transportes da Tailândia, os mochileiros podem navegar facilmente por este país fascinante e de forma barata.

Comer bem dentro do orçamento

Você pode se deliciar com a culinária incrível da Tailândia por muito pouco, seguindo estas dicas de orçamento:

Comida de rua – Nada supera o cenário de comida de rua da Tailândia. Macarrão, caril, espetos grelhados de dar água na boca e muito mais por menos de US$ 2 a refeição.

Mercados – Compre refeições para viagem e frutas tropicais frescas nos mercados locais e noturnos por apenas alguns dólares. Também é divertido navegar.

Lojas de conveniência – Compre lanches, bebidas, refeições prontas e itens essenciais por um preço acessível no 7-Elevens e no Family Marts.

Coma como um morador local – Evite pratos ocidentais caros e adote alimentos básicos como pad thai, curry verde e arroz pegajoso de manga. Vá aonde os habitantes locais vão.

Procure por especialidades diárias – Muitos restaurantes tailandeses oferecem um “especial diário” diferente todos os dias com grandes descontos nos preços do menu.

Aluguéis mensais – Reserve tarifas mensais se você estiver hospedado. Você economizará na reserva diária, com acesso a uma cozinha para cozinhar.

Happy Hour – Aproveite os happy hours e as ofertas de cerveja barata para economizar em bebidas. Ou opte pela água.

Street Side Carts – Pare em carrinhos de comida de rua para lanches locais ultrafrescos e saborosos e refeições mais leves a partir de US$ 1.

É fácil abastecer-se na Tailândia sem esvaziar a carteira, optando por restaurantes e mercados de rua. Coma como os locais fazem.

Passeios e atividades por um centavo

A Tailândia oferece paisagens naturais de tirar o fôlego, ruínas antigas e experiências incríveis. Aqui estão algumas dicas para desfrutar de atrações e aventuras com preços acessíveis:

Templos e ruínas gratuitos – Os templos e locais antigos da Tailândia, como Ayutthaya, oferecem entrada gratuita. Faça um tour DIY. Doações são bem-vindas.

Caminhe por trilhas naturais – caminhe por paisagens magníficas ao longo de trilhas gratuitas em parques nacionais e áreas protegidas. Traga uma refeição de piquenique.

Passeios a pé – Participe de excelentes passeios a pé gratuitos em Bangkok, Chiang Mai e muito mais para ter uma visão privilegiada das principais atrações. Guias de dicas.

Festivais e eventos – Programe sua visita para grandes festivais como Songkran, Loy Krathong e Yi Peng para experiências culturais únicas.

Volunturismo – Seja voluntário em escolas, programas de conservação ou abrigos de animais em troca de hospedagem e alimentação grátis.

Passeios autoguiados – Para pontos turísticos como o Grande Palácio, faça um passeio autoguiado usando mapas gratuitos e guias de áudio online para evitar taxas de turismo.

Vá cedo – Para atrações como templos que exigem uma pequena taxa de entrada, chegar cedo significa que você pode entrar gratuitamente antes da abertura das bilheterias.

Mercados e shoppings – Mercados itinerantes, bazares noturnos e shoppings oferecem entretenimento gratuito, observação de pessoas e ar-condicionado.

Com planejamento estratégico, você pode aproveitar as incríveis paisagens, natureza e cultura da Tailândia com o orçamento de um mochileiro.

Melhores destinos econômicos na Tailândia

Procurando lugares acessíveis para visitar na Tailândia? Aqui estão alguns dos principais destinos econômicos:

Bangkok – A capital da Tailândia tem hotéis acessíveis, templos gratuitos, deliciosa comida de rua e vida noturna agitada.

Chiang Mai – O charme da cidade antiga, os templos gratuitos, as aulas de culinária e a cultura vibrante tornam a segunda cidade da Tailândia muito econômica.

Pai – A descontraída cidade montanhosa da Tailândia oferece bangalôs baratos, natureza deslumbrante e uma vibração hippie.

Koh Lanta – Ilha descontraída com cabanas de praia econômicas, bares de reggae e pôr do sol lindo sem multidões festejando.

Koh Chang – Exuberantes florestas tropicais, macacos, cachoeiras e bangalôs de praia acessíveis nesta ilha pitoresca.

Chiang Rai – Cidade rural do norte com comida de rua incrível, o famoso Templo Branco, tribos das montanhas e ótimas ofertas.

Kanchanaburi – Fugas na selva, rafting, história da Segunda Guerra Mundial e pousadas abaixo de US$ 20 perto de Bangkok.

Koh Phangan – Retiros de ioga, festas na praia, caminhadas na selva e dormitórios baratos nesta linda ilha.

Onde quer que você vá na Tailândia, você encontrará prazeres simples, belas paisagens e pechinchas, ideais para viajantes com orçamento limitado que preferem uma abordagem descontraída da vida e das viagens.

Economizando dinheiro a longo prazo como mochileiro

Para financiar suas viagens de longo prazo na Tailândia, considere estas opções para economizar dinheiro:

Ensine Inglês – Empregos que ensinam Inglês na Tailândia pagam mais de US$ 15-20 por hora. Não é necessário diploma. Um certificado TEFL aumentará os ganhos.

Trabalhe em albergues – Os albergues costumam trocar hospedagem gratuita por trabalho na recepção ou no bar. Maneira social e flexível de cortar custos.

Freelance Online – Ganhe dinheiro como freelancer com habilidades como redação, codificação, entrada de dados, traduções, design gráfico e muito mais através de sites como Upwork e Fiverr.

Work Camps – Programas como Work Away oferecem hospedagem e alimentação gratuitas em troca de trabalhos domésticos leves em pousadas ou fazendas. Uma grande imersão cultural.

VIPKID – Ensine inglês para crianças chinesas online com esta popular empresa de aulas particulares em casa. O pagamento começa em US$ 14-22 por hora.

Colheita de Frutas – Ganhe dinheiro colhendo frutas em fazendas durante a época de colheita. Compensará seus custos do dia a dia.

Busk or Perform – Toque música, cante, dance ou faça apresentações de rua em locais públicos para obter dicas. A licença pode ser necessária.

Venda Artesanato – Crie e venda artesanato caseiro, joias ou arte em mercados e barracas de rua. Ótimo para tipos criativos.

Com inúmeras experiências culturais, paisagens deslumbrantes, habitantes locais gentis e preços baixos, prolongar sua viagem à Tailândia é fácil para o orçamento de um mochileiro.

Dicas finais para economizar dinheiro

Siga estes truques adicionais para economizar dinheiro para uma viagem acessível:

  • Leve uma garrafa recarregável para se manter hidratado sem comprar bebidas.
  • Leve uma mochila pequena ou bolsa seca, evitando taxas de armário e armazenamento.
  • Retire dinheiro de caixas eletrônicos em shoppings para obter contas legítimas com taxas baixas.
  • Obtenha um cartão SIM local para chamadas/dados baratos. CAT, AIS e TrueMove são operadoras líderes.
  • Alugue uma moto em vez de pegar táxis para economizar muito em transporte.
  • Fique em salas com ventiladores ou durma fora de cabanas sem AC para economizar eletricidade.
  • Negocie preços de souvenirs e corridas de táxi. A troca é esperada.
  • Viaje fora dos feriados de pico e fins de semana para receber tarifas de baixa temporada.
  • Faça couchsurf, acampe ou durma nos salões do lobby 24 horas se precisar de abrigo gratuito.

Com um planejamento inteligente, é totalmente viável respeitar um orçamento na Tailândia. Siga estas dicas de especialistas em mochileiros e desfrute de uma viagem épica explorando um dos destinos mais inspiradores do Sudeste Asiático sem esvaziar sua carteira. A terra dos sorrisos espera!

Perguntas frequentes para mochilar na Tailândia com orçamento limitado

Aqui estão as respostas para algumas perguntas frequentes sobre mochilas na Tailândia de maneira acessível:

P: A Tailândia é segura para viajantes com orçamento limitado e mochileiros individuais?

R: Sim, a Tailândia é geralmente muito segura, especialmente em áreas turísticas. Use precauções de bom senso como em qualquer lugar. Os habitantes locais também são extremamente simpáticos e prestativos.

P: Quanto custa uma viagem econômica à Tailândia?

R: Orçamento de cerca de US$ 25-50 por dia, excluindo voos. Com albergues, comida de rua e transporte público, você consegue sobreviver com menos de US$ 1.000 por mês. Luxo ou atividades aumentarão os custos.

P: Preciso de vacinas antes de viajar de mochila às costas na Tailândia?

R: As vacinas recomendadas incluem hepatite A e B, febre tifóide e raiva. Os comprimidos contra a malária podem ser recomendados para as regiões rurais do sul. Consulte o seu médico.

P: Qual é a melhor época do ano para visitar a Tailândia com orçamento limitado?

R: As melhores épocas para preços mais baixos e bom tempo são durante as estações baixas – março-maio ​​​​e outubro-dezembro. As altas temporadas de novembro a fevereiro e de junho a agosto apresentam taxas de pico.

P: O que devo levar para mochilar na Tailândia?

R: Leve roupas leves e respiráveis. Calçados para caminhada, trajes de banho, produtos de higiene pessoal, passaporte, kit médico, mochila ou mala pequena e equipamentos de viagem como telefone, câmera, carregadores. A Tailândia é casual.

P: Viajar sozinhas para mulheres é seguro na Tailândia?

R: Sim, é improvável que mulheres que viajam sozinhas enfrentem grandes problemas de segurança na Tailândia, especialmente nas principais regiões turísticas. No entanto, tenha cuidado como em qualquer lugar. Vista-se de maneira conservadora.

P: Quanto custa a comida na Tailândia para o orçamento de um mochileiro?

R: A comida de rua e os mercados locais oferecem refeições por US$ 1-3. Mesmo os restaurantes locais com mesa custam apenas US$ 3-6. A comida ocidental é mais. Os mantimentos custam centavos. Coma como os locais fazem.

P: A troca é esperada nos mercados da Tailândia?

R: Sim, os preços de troca nos mercados de rua são a norma e são esperados pelos vendedores. Ofereça 30-50% abaixo do preço inicial pedido. Não se preocupe em pagar um pouco a mais como estrangeiro.

Em resumo, a Tailândia oferece um destino de viagem extremamente acessível para mochileiros com orçamento limitado. Com planejamento, você pode mergulhar na cultura tailandesa e ao mesmo tempo manter baixas suas despesas diárias.